Publicidade
O que é Código Postal? É a mesma coisa que CEP?

O que é Código Postal? É a mesma coisa que CEP?

Publicado em: 04/02/2024

O que é Código Postal? Código postal é a mesma coisa que CEP? Estas são dúvida que todos compartilham, não é mesmo? Mas, o que poucos sabem é que sim, Código Postal e CEP são a mesma coisa.

Neste artigo, vamos conhecer mais sobre CEP e Código Postal, que por mais que sejam a mesma coisa, possuem algumas diferenças. Confira!

Publicidade

O que é código postal?

O código postal é uma sequência numérica ou alfanumérica (uma mistura de letras e números) usada por serviços postais e logísticos em todo o mundo para identificar endereços.

Um código postal corresponde sempre a um local específico, que pode variar desde um trecho de rua até uma região de um município. No Brasil, o CEP (Código de Endereço Postal) cumpre essa função. Cada país tem seu próprio sistema (nos EUA é chamado de código postal; na França, por exemplo, CEDEX).

O que é um Código Postal do Brasil

Em maio de 1992, os Correios mudaram o formato dos códigos postais em todo o Brasil. Eles se tornaram oito dígitos e consistiam no seguinte: 00000-000 (cinco dígitos – hífen – três dígitos). No mesmo ano, a população foi informada pela publicação do guia postal brasileiro de 1992.

A função dos primeiros cinco dígitos permanece a mesma do sistema em uso nas décadas de 1970 e 1980. Ou seja, servem para localizar a região, estado, município e município em que os endereços estão localizados.

Código Postal e CEP são a mesma coisa?

Código Postal e CEP são a mesma coisa? O que é Código Postal?

Embora muitos utilizem os termos Código Postal e CEP de forma intercambiável, é importante ressaltar que, tecnicamente, eles podem apresentar algumas diferenças.

No Brasil, por exemplo, o CEP (Código de Endereçamento Postal) é o sistema adotado pelos Correios para identificar endereços, enquanto o Código Postal é um termo mais genérico utilizado globalmente. No entanto, na prática, ambos têm a mesma função: facilitar a localização e entrega de correspondências.

O CEP, por definição, é um código criado para facilitar o processo logístico de entrega de correspondências. Ajuda a encontrar um endereço específico mais rapidamente.

Cada país estabelece seus próprios critérios para desenvolver seu sistema de código postal. Atualmente, 117 países adotam sistemas de código postal, e todos esses países, dos 190 no total, são membros da União Postal Universal (UPU), também conhecida como União Postal Internacional.

A União Postal Universal foi fundada em 1874 pelo Tratado de Berna. É uma agência especializada da ONU que organiza os serviços postais entre os países e o sistema postal internacional.

No Brasil, nosso sistema de códigos é o CEP. O CEP foi criado pelos Correios em maio de 1971 e originalmente tinha apenas 5 dígitos, em maio de 1992 houve uma mudança no formato do CEP que passou a ter 8 dígitos.

Formato do CEP no Brasil

Na maioria dos casos, o bairro e a rua (respectivamente comércio ou condomínio), foram identificados por um sufixo . Tem três dígitos e foi a grande mudança de CEP em 1992.

Cada número no cep funciona da seguinte forma:

  • X0000-000 – o primeiro dígito corresponde à região postal;
  • 0X000-000 – o segundo dígito corresponde à sub-região postal;
  • 00X00-000 – o terceiro dígito corresponde ao setor;
  • 000X0-000 – o quarto dígito corresponde ao sub setor;
  • 0000X-000 – o primeiro dígito é o divisor de sub setor;
  • 00000-XXX – os três últimos dígitos correspondem ao sufixo de distribuição.

Organização do Sistema de CEP no Brasil

No Brasil, para criar o CEP (Código de Endereçamento Postal), o país foi dividido em 10 regiões postais para melhor organizar o sistema de entrega de correspondências e encomendas. Essas regiões são:

  • Região 0: Grande São Paulo;
  • Região 1: Interior de São Paulo;
  • Região 2: Espírito Santo e Rio de Janeiro;
  • Região 3: Minas Gerais;
  • Região 4: Bahia e Sergipe;
  • Região 5: Alagoas, Paraíba, Pernambuco, e Rio Grande do Norte;
  • Região 6: Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Pará, Piauí e Roraima;
  • Região 7: Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia e Tocantins;
  • Região 8: Paraná e Santa Catarina;
  • Região 9: Rio Grande do Sul.

Cada uma dessas regiões é subdividida em 10 sub-regiões, que são representadas pelo segundo número da sequência do CEP

Essas sub-regiões, por sua vez, são divididas em 10 setores (terceiro algarismo da sequência) e 10 subsetores (quarto algarismo), proporcionando uma organização detalhada do sistema de endereçamento no país.

Conclusão

Como você pode ver, código postal e CEP são exatamente a mesma coisa, com poucas diferenças, porém com o mesmo objetivo: identificar endereços e facilitar a entrega de objetos, cartas e outros.